27.3.13

Pequena prosa poética, inspirada não sei pelo quê ...

Tocava uma canção na ponte, e a poesia era seu lema.

Mas queria fazer prosa, não queria mudar o tema.

Era prosa, poesia, poetrix, poetando, poeta-o-dia-todo ...

... que gostoso, uma crônica da vida sem sentido, tirando da escrita o lodo,

e assumindo, que por forma ou consequência, somos felizes.


Simplesmente.

fps, 29/03/2012

20.3.13

Resposta a um antigo questionamento sobre política - #prontofalei

"Olha, eu costumo ser muito cético com esse olhar que temos sobre os políticos e a política; primeiro, porque o brasileiro tem a mania de querer colocar a coisa no "8 ou 80", de querer exigir ética e moral dos outros mas relaxar com os que lhe são próximos.

Tipo "faça o que eu digo mas não faça o que eu faço", certo?

E sempre lembro disso quando vejo o que está acontecendo nesse ou em qualquer governo, até porque é facil posar de justiceiro e dizer que a ética vai prevalecer. 

Sem precisar dos outros, como quando leis são aprovadas no Congersso, tudo é mais fácil.

Agora, quanto à tal da ética, pergunto: todo mundo fala o que é errado, mas o que é o certo?

Um Congresso composto de especialistas, que ficassem 5 dias por semana "discutindo os grandes temas nacionais", e gerando um monte de leis sem consistência, até porque não sairam de seus gabinetes para ver o que o povo precisa?

Ou então um Parlamento como o russo, que abaixa a cabeça para tudo o que os governantes querem? Ou a China, dos tecnocratas do Partido, que sobem por indicação? Ou de Cingapura, em que o governo controla até o pum que você solta na rua?

Digo isso porque tem muita gente que gostaria de fechar o Congresso e tacar fogo naquela instituição, mas se esquece de que a última vez em que isso aconteceu foi em 64 ... e, olha, boa parte das nossas sacanagens começou justamente ali, quando os militares quiseram "purificar as práticas políticas" a qualquer preço.

E deu no que deu."

Esse texto foi escrito em 2010, como resposta a um email.

E duvido que, até hoje, não continue atual.




19.3.13

Prosa, ou poesia: Sobre-imagem


No gélido inverno, o frio convida a ficar em silêncio, ou dormindo, ou quietinho.
Mas a janela para o pântano lembra que em algum lugar faz calor.

fps, 10/12/2012, 17:16


8.3.13

Prosa: Chega!

Casal_discutindo_brigando

- gostaria de deixar claro que não vim de uma costela, nem de um útero, nem plantado do chão, mas de duas sementes, únicas, que se dividiram e se dividiram e se dividiram, se montaram e remontaram depois de um ato de união entre um homem e uma mulher.

- tá, mas ...

- e não há xy sem x nem y, nem xx sem x e outro x.

- q?

- não vou explicar de novo.

08/03, 14:07

Para pensar - Ligados pelo Amor. (via introspectou)

Nunca me divirto com nada. Estou sempre esperando pelo que vem depois. Acho que todos são assim. Vivem de forma rápida, sem aproveitar o mom...