19.9.05

Uma reflexão sobre os bons conselhos




Não te aconselhes com aquele que te arma um laço.
Esconde tuas intenções àqueles que te têm inveja.
Todo conselheiro dá sua opinião,
mas há conselheiros que só têm em vista o próprio interesse.
Estejas prevenido quando tratar-se de um conselheiro;
informa-te primeiro quais são os seus interesses,
pois ele pensa em si mesmo antes de tudo.
Teme que ele plante uma estaca no solo e te diga:
Estás no bom caminho,
enquanto se põe defronte para ver o que te acontecerá.
Vai consultar
um homem sem religião sobre as coisas santas;
um injusto sobre a justiça;
uma mulher sobre sua rival;
um tímido sobre a guerra;
um mercador sobre o negócio;
um comprador sobre uma coisa para vender;
um invejoso sobre a gratidão;
um ímpio sobre a piedade;
um homem desonrado sobre a honestidade;
um lavrador sobre o seu trabalho;
um operário, contratado por um ano, sobre o término de seu contrato;
um criado preguiçoso sobre uma grande tarefa!
Não confies neles e em nenhum de seus conselhos.
Sê, porém, assíduo junto a um santo homem,
quando conheceres um que seja fiel ao temor de Deus,
cuja alma se irmana à tua,
e que compartilhará da tua dor quando titubeares nas trevas.

Eclesiástico 37, 7-16
(extraído da Bíblia Católica, no www.catolicanet.com.br)

Um comentário:

  1. Anonymous3:53 PM

    Muito bom, meu companheiro, gostei muito.

    abraços
    Flávio

    ResponderExcluir

Faça seus comentários AQUI.

Para pensar - Em busca da sétima chave. (via adesejar)

O seu caos não me assusta, pelo contrário, eu quero fazer morada nele. Em busca da sétima chave. (via adesejar) http://ift.tt/2BjX21I via ...