Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2006

Poesia - para não ficarmos às moscas ...

Num psiquiatraDoutor, eu não sei o que façop´ra me consolarDoutor, eu não sei o que façop´ra me acalmarDoutor, eu não sei o que façopara viver bemDoutor, eu não sei o que quero,doutor, eu não sei.Doutor, eu só vivo cansadode ouvir encheçãoDoutor, eu não sei o que faço,não sei não, doutorDoutor, eu não chego em casa,me arrasto, doutorDoutor, eu não saio de casa,me acordam, doutorDoutor, eu não saio do quarto,não quero, doutorDoutor, eu não vivo na rua,não me sinto bemDoutor, eu não vivo lá fora,não sou mais ninguémDoutor, eu não quero brigar,tenho medo, doutorDoutor, eu não quero sentir,sinto pena, doutorDoutor, eu não quero falar,quero mais descansar,quero ter algo mais,quero um pouco de paz,eu não quero encheção,não quero sofrimento,eu não quero cansaço,eu não quero mais nada,