21.1.07

Poesia


Ode a uma bela mulher

Bela,
indecente, poeta.

Inocente,
insana e bela.

E,
acima de tudo,
humana.

Mulher que eu gosto,
mulher de fibra,
mulher bela.

Mulher, ser humano.

Mulher humana,
mulher bela,
mulher ideal.

Mulher,
minha sina é te amar de verdade.

Pois és minha.
E és, sobretudo,
Mulher.

FPS, 21/01/2007, 11:25



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários AQUI.

Para pensar - Ligados pelo Amor. (via introspectou)

Nunca me divirto com nada. Estou sempre esperando pelo que vem depois. Acho que todos são assim. Vivem de forma rápida, sem aproveitar o mom...