5.3.07

Em breve: carros movidos a catavento que não andam nada ...

Deixe-me ver se entendi: quer dizer então que a Independent está alertando contra os riscos do etanol, falando sobre os dejetos industriais que não conseguem ser aproveitados facilmente (o nosso conhecido vinhoto)? Ou seja, nem o álcool etílico serve como combustível ecológico na opinião dos papas do capitalismo mundial?
 
Parece-me que o risco de um cartel da cana, aliado às pressões do Greenpeace e similiares, estão queimando as oportunidades para combustíveis menos poluentes e que sejam ao menos viáveis para substituir o velho e bom petróleo, que pode ser poluente mas ao menos é eficiente na hora de se transformar em energia desde que inventaram o motor a combustão.
 
Estranho como nessas horas alguém inventa de falar na energia solar ou na eólica, as únicas formas de se obter energia 100% renovável e 100% limpa; aliás, é engraçado que ninguém tenha citado isso ainda - talvez porque é extremamente caro e totalmente inviável gerar energia do Sol ou do vento para mover um carro, que ainda por cima terá a velocidade máxima de uns 40 km/h, impraticável no contexto da indústria automobilística (que é uma das que mais poluem, principalmente nos EUA).
 
Alguém ainda vai falar no assunto - até porque ecologista digno de nome tem sempre um carro elétrico, que, aliás, não usa, porque prefere o SUV(*) ultrapoluente que ele tira da garagem só para ir ao supermercado da esquina ...
 

 
SUV: de space-utility vehicle, é o jipe 4*4 que consome um litro de diesel a cada 3 km, convertendo-se no maior vilão urbano da poluição dos tempos atuais - e o preferido dos ecochatos que não saem para a floresta nem que o golfinho tenha coqueluche ...
 
 
 

2 comentários:

  1. Há um "terrorismo verde" no ar que lembre muito as quadras de Nostradamus. O fim do mundo não veio com o Apocalipse na virada do milenio , mas muita gente viveu sem sonhos para o futuro, esperando a data fatidica. O aquecimento global é uma ameaça séria e global, mas será que não há esperança? Não advogo as cabeças na areia. Mas também não advogo o falso alarmismo. Que muitas vezes está travestido de interesses econômicos (de quem realmente polui...)

    ResponderExcluir
  2. Combustível fóssil é terrível, mas a plantação intensiva de cana também é terrível. O Brasil poderia se associar à Dinamarca e se tornar maior produtor e consumidor de energia fotovoltaica.

    ResponderExcluir

Faça seus comentários AQUI.

Para pensar - Peter Pan. (via romantizado)

Ela me disse que amar era sofrer, e eu olhei pra ela e disse que sofreria por ela. Peter Pan. (via romantizado) http://ift.tt/2j028rt via ...