Poesia

Como eu te amava ...

Te amava cantando ...

Me encanta teus sonhos,
teu jeito, sabor,
teus olhos me olhando,
tua boca, tua cor,
teu jeito sincero,
teu gosto, de flor.

Te amava sorrindo ...

Tua boca molhada
criava em mim gozo;
teu olhar sereno
pra mim é um assombro;
teu jeito, teu riso,
ritmado em cor ...

Te amava chorando ...

Chorava de pranto
contido, em meus olhos,
porque não sabia
se o que eu sonhava,
contigo, comigo,
era de valor ...

Te amava querendo ...

Te amava sofrendo ...

Te amava ...

... sim, te amava.

E ainda te amo.

fps, 25/04/09, 15:14

Comentários

  1. Fábio Peres:

    Que blog gostoso meu amigo. Gostoso, inteligente e esclarecedor.

    Agora no Boteco temos três componetes Poetas: Você, o Cacá (uai mundo) e a Aliz.

    Abs.

    Sim, fiz uma leitura e entendi porque sua preferência por Gotorade ou Coa-Cola com limão (rs)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Faça seus comentários AQUI.

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?