Poesia: Plantão



"É o Plantão, no ar, com as notícias do dia" ...

Corre, corre, corre, sua.
Chora.

Colo, colinho.

Chão. 

Bebê que não para.
Lindinha da mãe.

Corre, corre, corre, chuta, bate.

Chora.

Colo, não quer, colo, não quer!!!

Chão.

Anda, para, vai, desenha,
pega caixa.

Corre, corre, corre, corre com a caixa.

Cai no chão.

Chorinho, chorinho... CHORÃO!!!!

Colo, colo, colo. Sem parar, mais colo.

Naninha.

Colo, aguinha. Quarto.

Cozinha (chorinho ao fundo).

Armário, lata.

"Preparado especialmente para crianças de 6 meses a 2 anos".

Fogo.
Mamadeira, água, pó.
Chooc, chooc, chooc.

Leite. 

Glub, gloob, glub.

ZZZZZZZ ...


- E as notícias, que coisa... você viu que o presidente renunciou?
- (zzzzz) Não.

- Mas como não? Você não vê o "Plantão"? Que alienada....

fps, 18/05/2017, 15:12




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Dória prefeito: a vitória do que São Paulo é sobre o que ela deveria ser