Bella Luna

BELLA LUNA

Lua bela,
agarrava-se a meu rosto,
com o devido ardor
e com tremendo furor.

Me atiça,
me aqueçe,
bela lua, lua bela,
que emoldurada,
se encontra no céu.

Ou na Terra, talvez,
porque não?

Lua, és bela,
és linda,
e (melhor de tudo),
és minha,
só minha ...


Assim como,
de todo,
sou seu.

FPS, 18/11/2005, 16:55

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?