Orgulho vadio da mediocridade da burka

Não falo,
não ouço,
não vejo.

Nada sei,
nada quero,
nada posso.

Nada sou.

E,
ainda assim,
me orgulho disso.



FPS, 18/11/2005, 16:15

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?