Poesia

prisão inconsciente

às vezes
me meto nessa prisão,
inconscientemente,
esperando respostas da vida
que nunca vem.

são tempos
que vem de forma consciente
e vão de forma inconsequente.

são formas,
formatos de mulheres inimigas
e homens vazios,
de pessoas sem sentido,
de medos, de critérios.

sou uma pessoa
presa a um vazio
do que não sou.

na verdade,
apenas sou eu
que não sei ainda
quem serei no futuro.

futuro?

a deus, somente a glória.

FPS, 13/02/2007, 10:25

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?