Adolescência - uma pequena discussão ...

Eu me lembro muito bem ...
 
Nos meus tempos de adolescente eu era um garoto modelo para os pais, mas um porre para os da minha idade - e sofri muito com isso, principalmente dos 12 aos 14 anos, época em que não se sabia ainda o que era 'bullying' e na qual o 'house' ganhava espaço, nos bailinhos e discotecas cidade afora.
 
Lembro que o pessoal fazia horrores nas viagens do colégio, e eu ficava dentro do quarto assistindo TV e jogando videogame - mesmo na Igreja, onde supostamente se deveria ser mais sério, sempre havia o temido grupo da 'zoeira', que acordava todo mundo nos acampamentos e que invariavelmente se esborrachava no fundão do salão social no culto de encerramento dos trabalhos, num comportamento condenável naquela época mas que muitos de cabeça pequena achavam 'mó legal, meu'.
 
Mas o tempo, ah, o tempo, esse passa rápido ... e é muito vingativo, por sinal.
 
Hoje eu vejo os mesmos que 'zoavam' como loucos naquela época tentando ser modelos responsáveis para seus filhos e tendo espanto com o que eles fazem, preocupados com Orkut e outros recursos de informática que não conseguem controlar (e que, detalhe dos detalhes, começaram com o inocentíssimo Atari e o PC-XT da nossa adolescência), e ficando apatetados, sem saber o que fazer diante de tanta coisa que acontece ao mesmo tempo para nossos filhos, ou sobrinhos e etc.
 
É, Belchior estava certo, mesmo ... ainda somos os mesmos, e vivemos como nossos pais.
 

 
E você, de todas as idades, se lembra do que fazia nos seus tempos de adolescente? E seus filhos, o que fazem hoje? E você, que é 'teen', adolescente e etc., o que pensa de tudo isso? Comente, o Olho Clínico está aqui para isso ...

Comentários

  1. Talvez eu não fosse nem seja modelo, mas numa coisa sou igual aos meus pais, a minha relação com meus filhos é baseada na confiança mútua. Esta é a regra fundamental, o certo e o errado, isto é outra coisa, mas a confiança, esta é mantida, não pretendo que meus filhos façam o que eu acho certo, eles aprenderam a fazer o que eles acham certo..

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Faça seus comentários AQUI.

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?