Marcha para Jesus X Parada Gay: capítulo 1239128310923901 ...

Corpus Christi, cidade parada e um velho assunto: a Parada Gay e a Marcha para Jesus atraem atenções, uma da mídia e do politicamente correto reinante na sociedade, a outra da multidão evangélica que cresce a cada ano no Brasil. Embora a Marcha tenha sido mandada para local menos nobre - a Praça dos Expedicionários, lugar bom para shows mas que não é de destaque como a Avenida Paulista - reunir 4 milhões de pessoas para louvar a Deus não é coisa para qualquer um, ainda mais sem propaganda e sob os efeitos da picaretagem dos comandantes da Renascer em Cristo.
 
As Assembléias de Deus e a Igreja Universal bem que deram uma força extra aos demais movimentos evangélicos para dar à Marcha, em um dia, o que o Papa não conseguiu fazer em três (para se lembrar, Bento XVI reuniu 1,4 milhão de católicos em todos os eventos que realizou no Brasil). Mas uma coisa eu não consegui entender ainda: se é para termos arruaça na Paulista no primeiro ano sem o evento neopentcostal - e ainda, por 200 punks que comprovadamente não tem nada na cabeça - porque é que tiraram a Marcha de Jesus da Paulista, então?
 
Evangélico não dá dinheiro, ao contrário dos votos que ninguém aparentemente deseja, mas ao menos deixa tudo limpinho depois de sua passagem - ao contrário do que vocês verão com os inferninhos da Parada de domingo, comprovados nos jornais de segunda.
 
...
 
E você, frequentador assíduo do Olho Clínico ou que está de passagem, acha que o dinheiro dos gays vale parar a Paulista no domingo, defende o direito dos evangélicos de marchar sob a FIESP ou apenas queria um pouco de paz num feriado de sol?
 
Deixe seu recado nos comentários abaixo, ele é muito importante para nós - você não sabe como ...

Comentários

  1. "Não importa se é o Papa ou o Dalia Lama, o Brasileiro Gosta pé de muvuca". Frase que ouvi durantre a visita de Bento XVI. Não fui à visita do papa, nem iriei a nenhum dos dois eventos.

    ResponderExcluir
  2. Guilherme12:41 AM

    Realmente eu concordo em partes com a mensagem acima. Essa frase era 100% verdadeira, mas já não se pode negar que de tempos pra cá surgiram novos brasileiros, que também gostam de bagunça, mas uma bagunça organizada: shows de rock, faixas, danças, gritos, mas sem drogas, brigas e sexo promíscuo, além de deixar a cidade brilhando após sua passagem. Essa realidade que cresce todos os anos no Brasil é verdadeiramente politicamente correta e não causa nenhum dano a sociedade, pelo contrário. Viva a Marcha para Jesus.

    ResponderExcluir
  3. Anonymous12:29 AM

    Independente do lugar, ou de sua liderança, a marcha para Jesus, não perde seu objetivo, ela não é feita para chamar atenção dos holofotes nem para apenas agradar as pessoas, mas para a glória de Deus e de seu filho Jesus.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Faça seus comentários AQUI.

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?