14.3.09

Prosa, rápida ...

Vai tomar ...

Não falava palavrão.
Nenhum.
Culpa da moral puritana, do velho pai e da mãe repressora.
Mas o fato é que aquele dia era diferente: estava cansado do dia-a-dia, chegara atrasado, dívidas que não dava pra pagar, trabalho constante. E a decisão - reagir.
"Não vou deixar passar batido, o primeiro que me encher o saco eu falo".
E aconteceu; alguém grita:
- Ô, MEU !!! NÃO ME OUVE NÃO, É?
Ao que ele responde:
- VAI TOMAR ... gasp, gasp, blub ... um comprimido, pra ver se passa esse pigarro, chefinho ...

FPS, 16/02, 15:30

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários AQUI.

Para pensar - Ligados pelo Amor. (via introspectou)

Nunca me divirto com nada. Estou sempre esperando pelo que vem depois. Acho que todos são assim. Vivem de forma rápida, sem aproveitar o mom...