17.7.09

Poesia

Sexta
 
Noite, de um dia de outono,
comida farta na mesa,
depois do jantar, sobremesa;
 
Descanso, logo vem o sono,
e o acordar tarde, certeza
de que não se irá à empresa.
 
Sejam bemvindos à sexta-feira,
de validos e vencidos,
do início da gandaia,
da preparação para o sábado,
de trabalho para alguns,
de expectativa para outros,
dia sagrado dos judeus,
dos vendedores a espera,
e, para muitos, descanso,
expectativa de sono,
justo, gostoso e tranquilo,
do povo que chega às onze
enquanto outros vão às baladas
e não voltarão tão cedo.
 
(isso se voltarem)
 
Mas o fato é que ... uaaah ... é sexta-feira.
 
 Noite, de um dia de outono,
a comida é farta na mesa;
depois do jantar, sobremesa.
 
Descanso, logo vem o sono,
e uma certeza:
 
Amanhã, não se irá à empresa.

fps, 17/07/2009, 18:26
 
 
 
 

Um comentário:

  1. Sexta Feira: expectativa de um final de semana com praia, choop, shoping, visitar os pais, os filhos e futebol. E eu só penso na área rural com minha vaquinha Salomé. (rs)

    Porém, hoje eu faltei.

    Parabéns meu prezado, bonita poesia!

    Abs

    ResponderExcluir

Faça seus comentários AQUI.

Para pensar - Em busca da sétima chave. (via adesejar)

O seu caos não me assusta, pelo contrário, eu quero fazer morada nele. Em busca da sétima chave. (via adesejar) http://ift.tt/2BjX21I via ...