Aviso aos navegantes: em respeito às minhas sobrinhas adolescentes ...

... eu peço um minuto de silêncio para o aniversário de um ano do fim do RBD, a prova viva de que um raio pode cair várias vezes no mesmo lugar (quem não se lembra do Menudo e do NKOTB, vulgo New Kids on The Block?).
 
Neste post do Ideiafix tem mais sobre o assunto, seja pelo texto em si ou pelos comentários venenosos das miguxetes e miguxos; e não se espante, tem coisa pior do que isso, como pode comprovar a comoção do pessoal do relacionamento do casal do BBB9.
 
...
 
Aliás, agradeço ao Frank por ter incluído um link para o TrashEtc! no seu blog, assim como a Aliz, que modera o Boteco do Kotscho e ainda escreve com uma singeleza que fascina bastante, como se pode ver nesse texto, do TextoSentido, um dos cinco blogs que ela possui.
 
Tanto é que o TextoSentido entra na lista de blogs que é servida "a la carte" para os que aqui chegam, assim como o próprio Balaio e outros blogs, que irei comentando na medida do possível (e, droga, não é que eu acabei mesmo perdendo o Blog Day?).
 
...
 
Nem sempre as pessoas tem vindo aqui procurando somente por literatura: graças aos comentários sobre TV está chegando gente procurando por "playboy da Samambaia sozinha" e "juliana paes samanbaia", o que indica muito bem as intenções do fulano que aqui chegou.
 
Tem também gente que procura por textos sobre a infância, como esse aqui, dos tempos em que luta livre não tinha nada a ver com MMA; mas o que eu queria entender mesmo é como alguém procura por "plural de toner" e vem parar nessa história aqui, extraída da Folha de São Paulo e que nos faz perguntar se realmente nossos políticos conhecem mesmo de tecnologia.
 
O que, a julgar pela Lei de Internet que tentaram aprovar no Senado, já tem resposta: não.
 
...
 
O "aviso aos navegantes" é uma espécie de seção fixa do TrashEtc!, onde eu tento manter uma interatividade com o pessoal que acessa meu site e pergunto se está tudo bem, se quer um cafezinho, essas coisas que os anfitriões sempre fazem quando querem agradar quem chega em sua casa.
 
Se você gostou, comente; se não, comente assim mesmo - tem sempre alguém que lê, opina e está doido para ler o que você acha desse cruzamento do mundo, onde há um pouco de tudo e uma mente criativa e insana por trás de tudo isso.
 
Até mais, a gente se vê.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?