Quem se importa???

 
Matou,
fuzilou,
torturou.
 
Se não fez isso,
mandou fazer.
 
Mas, na saída,
ninguém clamou por justiça.
 
Ninguém
elogiou promotores.
 
Ninguém
fez matéria com defensoras.
 
Ninguém
disse que era um absurdo.
 
(a não ser, é claro,
os mesmos que falam,
e que não são ouvidos)
 
Mas o fato é que:
 
Matou,
mandou matar,
executou,
deu choques,
pontapés,
socos.
 
E, simplesmente,
porque eles quiseram pensar.
 
E,
o que é pior,
ninguém se importou.
 

Talvez porque não era filho de ninguém mesmo, né …

 
 
fps, 14/05/2010, 19:30
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Dória prefeito: a vitória do que São Paulo é sobre o que ela deveria ser