Copa 2010: Dunga vs Globo e etc.

Dessa encrenca entre o Dunga e a Rede Globo só não concordo com uma coisa: Ricardo Teixeira concorda e apóia plenamente o técnico que ele colocou lá dentro para botar ordem na casa e trazer o hexa, custe o que custar.

Até porque viria bem a calhar na hora em que faremos uma Copa no Brasil, com muito dinheiro para ser gasto e um governo que terá que ser “convencido” a fazer parte dos planos para evitar que 2014 seja um fiasco.

Nesse contexto, nem o hepta seria tão importante quanto ser um bom anfitrião – e, quanto aos jogadores , é claro que estão adorando essa polêmica: ninguém cobra nada deles, só do chefe, e o caminho para o título fica bem menos espinhoso.

Agora, vem cá: tem certeza de que o brasileiro quer saber de futebol mesmo ou de oba-oba?

Porque se fosse assim a Globo encheria os telejornais com detalhes táticos, falaria bastante das outras seleções, e não de “frescuras” como as que vimos em 2006, único momento em que um país inteiro entrou de salto alto numa Copa.

Ou isso também não é verdade, assim como não é um fato que a Globo sempre trabalhou em cima do público feminino, e que, por conta desse detalhe, faz mais questão de mostrar a vida dos nossos craques do que o talento que eles tem com a bola no pé?

Francamente, Dunga deveria aprender com Luís Felipe Scolari, o único técnico de Seleção brasileira respeitado por um título de Copa.

Em breve volto com mais pitacos, mas deixo vocês com uma pergunta típica de blogueiro: gostaram do novo template?

Respondam, na área de comentários ou no “formspring”, aí do lado … até.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Dória prefeito: a vitória do que São Paulo é sobre o que ela deveria ser