Poesia

menorderua
 
 
A miséria se mostra.
 
Tristeza nas formas,
reflexo da vida,
refluxo do tempo.
 
O tempo,
que na verdade
é bem mais que nada.
 
Nada?
Nada, sim.
 
Porque o nada, para alguns,
é simplesmente tudo o que eles têm.
 
fps, 10/11/03, 10:15

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Dória prefeito: a vitória do que São Paulo é sobre o que ela deveria ser