Poesia



Boteco nº 2
Ode às mesas vazias

Mesas arrumadas,
cadeiras a postos,
mas ninguém por aqui.

Tudo bonitinho demais para o meu gosto.

E cadê o pessoal?

Foi todo mundo ver o jogo?

Xi ... então sou eu que estou no lugar errado ...



fps, 01/08/2010, 02:00

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Dória prefeito: a vitória do que São Paulo é sobre o que ela deveria ser