25.3.11

Prosa, reflexiva …

A mansidão

“Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão o reino dos céus”.

Assim diz um dos trechos do Sermão da Montanha, a melhor mensagem já feita em todos os tempos pelo melhor dos pregadores que o mundo já conheceu, Jesus Cristo, o filho de Deus.

E, com total sinceridade, realmente ele sabia o que estava querendo dizer com essa frase, pois os mansos e puros de coração são pessoas de grandes qualidades e virtudes, que fazem com que ninguém possa falar um pio contra suas qualidades.

Senão, vejamos.

O puro de coração tem somente uma preocupação: a felicidade dele mesmo e dos outros, seguindo os padrões de bondade e pureza que a sociedade estabelece para os seus (no nosso caso, os valores cristãos).

Não importa a sua religião, cor, idade ou sexo: essas pessoas sempre estarão interessadas em ajudar os outros, servindo como um ombro amigo nas dificuldades, alegrando-os com sua presença e usando de sinceridade para com todos, sabendo muito bem respeitar os sentimentos dos outros.

Uma pessoa mansa, pura e humilde de coração faz com que tudo ao seu redor mude por completo.

Sempre terá o respeito de seus semelhantes, pois ninguém poderá dizer uma palavra contra ela.

Procurará ser feliz da maneira mais simples possível, procurando manter em seu coração os melhores sentimentos em relação a todas as pessoas, e - apesar de existirem sempre alguns “espertinhos” que tentarão deixá-la em situação ridícula perante todos - será sempre defendida por todos, e terá grande felicidade em sua vida.

Todo manso de coração pode não entender muita coisa que acontece, mas sempre será capaz de ajudar as pessoas, fazendo sempre o melhor por elas, e tendo sempre amigos sinceros e fiéis.

Procurará a felicidade, de todas as formas possíveis, e a encontrará em uma pessoa que saiba respeitá-la e amá-la com os sentimentos mais puros e fortes que um ser humano pode ter.

Assim, será sempre feliz, e todos a respeitarão e estarão junto com ela, em suas dificuldades, ajudando-a para que ela possa encontrar o caminho certo da felicidade.

Sempre disse que a felicidade é feita de sentimentos pequenos, que se juntam aos poucos, para formar um grande sentimento de amor e paz. Por isso, invejo os mansos, que nunca sentirão o mal que a sociedade tem, e que sempre serão felizes, apesar dos problemas da vida.

Felicidades a todos os mansos, puros e humildes de coração, e que possam encontrar, no final do túnel, uma luz para suas vidas.

fps, 13/11/95

8.3.11

Prosa: O dia da renúncia

Decidiu - no dia seguinte, 8 de março, abandonaria tudo, tudo mesmo.
Era Dia Internacional da Mulher, o dia dela, dela e de tantas outras, portanto que se virassem os que dependiam dela porque ela ia mesmo era à festa, mulher que 364 dias passa correndo para cuidar de marido e filhos, e nada pra ela.
Então, bem de manhãzinha, ela saiu.
Saiu pelos shoppings, e pelas ruas, e pelos lugares onde o dia chegava, o Dia da MULHER.
Mas percebeu um negócio intrigante: em todas as propagandas, em todos os lares, por todos os lados, não se viam mulheres sozinhas, independentes e donas de si.
Mesmo a independente cuida de seu corpo para conquistar os homens e invejar as outras, e o sabão em pó vende para mulheres que cuidam de sua casa.
As mulheres não estavam sozinhas, estavam com seus maridos, amigos, namorados, com os homens que criticavam tanto nos outros dias e mesmo nesse também faziam - percebeu que até a notícia era requentada, e, ao ver os homens sozinhos fazendo fiu-fiu, percebeu que não dava.
Voltou para a própria casa, era quase meio-dia; a cama estava arrumada, ainda que mal-ajambrada, o marido ainda fez o café, e então ela assumiu.
Fez o almoço gostoso, arrumou alguma coisa, foram fazer compras e o dia, no final, até que foi bom, descontando o que ficou para o dia seguinte.
E à noite ela, caindo no sono, é que percebeu o óbvio.
Negava que gostava daquilo, mas no fundo gostava de ser mulher, mãe, amiga, tudo ao mesmo tempo; e que vale ter a tal da liberdade se não se pode usá-la para estar com os que se gosta e fazer o que se quer?
E daí prometeu a si mesma: nunca mais iria abandonar aquele inferno gostoso, nem renunciar àquilo que, no fundo, era sempre seu ...

08/03/04, 11:17

Para pensar - Peter Pan. (via romantizado)

Ela me disse que amar era sofrer, e eu olhei pra ela e disse que sofreria por ela. Peter Pan. (via romantizado) http://ift.tt/2j028rt via ...