28.5.11

Opinião popular e as esquerdas; e o pastor que deveria ter o twitter cassado

Um kit de vídeos de origem e gosto duvidosos, defendendo a homossexualidade como opção num país em que ser gay é, até hoje, “falta de vergonha na cara”.

Um Código Florestal criado para regular a situação do pequeno produtor, num país dependente do agronegócio e que repudia o ambientalismo inconsequente de uma minoria.

Situações em que o correto, do ponto de vista político, seria seguir a opinião da maioria da população – jogar o kit no lixo e aprovar o Código, sem mais discussões.

A não ser, é claro, que sua opinião seja a da esquerda extremamente militante, aquela que acredita que o Brasil se tornou mais tolerante por causa de uma decisão do STF.

Baseada, é claro, na interpretação das leis, e não na sua aprovação por representantes do povo – que é o que nossos deputados e senadores são, eleitos pelo voto direto.

De um povo que não é homófobo, mas não gosta do homossexualismo; e que quer produzir em sua terra.

E que elegeu os ruralistas, e botaram o Jair Bolsonaro no Congresso.

Tanto quanto outros elegeram o Jean Wyllis – apesar de seu passado como BBB contar mais do que seu presente.

Mas, para as esquerdas, isso não interessa.

Interessa imaginar que essas medidas foram esquecidas porque a “presidenta” estava de mãos atadas, defendendo seu Ministro da Casa Civil e cedendo aos interesses obscuros para patrocinar o retrocesso.

Que, esquecem-se, é detentora de um cargo político, e representa mais o povo do que os interesses de alguns, que são uma minoria.

Barulhenta, sim, mas minoria.

Que prefere acreditar nas suas próprias mentiras; afinal de contas, cada um tem o Zé que merece, pronto a ser a Geni que salva tudo e todos.

Até o próximo escândalo.

Ou a próxima polêmica.

Ah, Marco Feliciano, quer dizer então que a marcha que o cristão tem que usar é a marcha-a-ré?

E que Jesus poderia ser o embrião de uma raça superior se tivesse se casado?

Uau … tem gente que deveria ter o twitter cassado, ainda que tenha o mesmo terno do Steven Seagal.

Ou, então, a força de Goku

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários AQUI.

Para pensar

"Se você não gosta de alguma coisa, mude-a.  Se você não pode mudá-la, mude sua atitude.  Não reclame".  Maya Angelou