Poesia

O sonho desfeito.
 
O choro contido,
o desespero.
 
A dor que não para,
a falta de sentido da vida.
 
A vontade de sumir
de beber formicida,
de fazer uma besteira.
 
Tudo isso,
 
tudo, tudo, tudo,
 
tudo um dia passa.
 
E sempre há um remédio,
 
Ainda que não tenha olhos azuis
e um sorriso gostoso ...
 
fps, 19/06/2012, 14:20

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?