8.10.13

Poesia: O vazio

 
Pediram que eu escrevesse sobre o vazio.

 

Mas escrever o quê?

 

Nao há nada no vazio.

 

Há, sim,

a luz dos detalhes,

de cantos que mostram,

outros que se escondem;

a luz, ou sua falta,

e o que mais aparece

para nos mostrar

o profundo vazio

que existe na falta de algo.

 

Mas, se pudermos pensar,

e até refletir,

sobre o estúpido tema,

nao ha nada no vazio.

 

Apenas vazio,

vazio que dói,

angustia, atormenta,

vazio que cai,

cai sobre as pessoas,

vazio que teme,

afugenta, deprime,

vazio, enfim.

 

Não há nada no vazio.

 

E, se pudesse,

não haveria nada mesmo,

pois, já que não posso descrever o nada,

torna-se inútil falar no vazio

que existe em cada um de nós.

 

 

 

 

 

 

 

Pensando bem,

que texto mais vazio esse, não?

 

 

fps,12/01/1996

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários AQUI.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Disqus for Trash Etc!