Poesia, de carnaval



pierrô apaixonado anda pelas ruas
enamorado de uma colombina 
que não olha seu sofrer.

e se ele não existisse?

ela voltaria para sua casa, sua vida, 
e ficaria em paz.

em paz com seus múltiplos sonhos,
seus passos, ruídos,
batidas na porta.

num toc-toc-toc incessante e insano.

ela voltaria para seus bebês, seus meninos,
seus sonhos.

seu mundo.

que não é o dele.
por mais que insista em querer fazê-lo seu.

pierrô apaixonado anda pelas ruas

ele existe. e é real.

fps, 03/03/2014, 00:36

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?