25.4.15

Poesia: Paradoxo do feminismo sem sentido



meu irritante desejo ao ler o mimimi feminista
é falar: "deixa, vocês acham que essa autoridade era legal".

...

tem gente que não sabe que ser preso por pensão
era fundamental quando mulher não saia à rua.

e que homem, quando ficava inválido, quebrava uma família.
não só a si mesmo.

levar o mundo nas costas é um legado 
se você tem caráter.

...

o mundo não é legal com quem tenta respeitar a si mesmo.

a marcha das vadias é uma bobagem,
feminista que se preza não anda pelada na rua.

periguete quer chamar a atenção.

estuprador é doido, vai para a cadeia,
e lá, não tem perdão.

porque bandido tem mulher, e mãe.

...

lucidez é o que falta na discussão misândrica.

ada foi a primeira programadora, mas babbage foi o pai do hardware.
e ambos programaram uma máquina que não existia.

ele faliu uma fidalga, ela morreu de câncer.

...

imaginar homens e mulheres em cantos separados
é como pensar na babaquice da vida.

ganhamos todos pouco, mulheres, menos ainda;
mas pior é que trabalhador barato é que conta para o mercado.

e quando vocês forem caras, terão emprego como pensam?

...

essas são reflexões desconectas, sem sentido.

mas que tem tudo a ver com o que sinto e leio.

...

funciona até a página dois, até a hora em que temos que ganhar dinheiro.

que não tem sexo ou cor, etnia ou gênero,
não tem coisa nenhuma.

...

e dá licença, que ela me chama.

fps, 25/04/15

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Disqus for Trash Etc!