Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2007

Coisas de gaúcho ... e quem tiver, manda do paranaense, do paulista, do carioca ...

Coisas de Gaúcho , é o DNA deles... (escrito por um carioca)

1- Ele comenta com você notícias que "deu no rádio"

2- Quando ele conversa, parece uma briga

3- As 6 da manhã, mesmo sábado ou domingo, ele já faz barulho com a "chaleira e o mate"

4- Não existe lugar nem hora inconveniente para andar com uma cuia...

5- Domingo sempre tem churrasco de meio-dia

6- O que sobra, vira arroz carreteiro

7- Se é colorado, é anti-gremista

8- Se é gremista, é anti-colorado

9- Se não tem dinheiro vai para: Capão da Canoa, Imbé e Tramandaí as melhores praias do Sul.

10- Se tem dinheiro vai para: Punta del Este, Floripa e Bahia.

11- Prefere pala e poncho a casaco

12- Não dá a mínima para o 7 de setembro e sim para o 20 de setembro.

13- Fica furioso com Revolução Constitucionalista de 32

14- Canta de cor todo o Hino Rio-Grandense no 20 de setembro

15- É separatista

16- Paga " um boi " pra não entrar numa briga e, depois que entrou paga " dois bois " pra…

Churchill - eu adoro esse cara ...

Obs.: a última é a melhor, sem dúvida. Quando Churchill fez 80 anos um repórter de menos de 30 foi fotografá-lo e disse:

- Sir Winston, espero fotografá-lo novamente nos seus 90 anos.
Resposta de Churchill:
- Por que não? Você me parece bastante saudável.

Telegramas trocados entre Bernard Shaw ( maior dramaturgo inglês do século 20 ) e Churchill ( maior líder inglês do século 20 ).

Convite de Bernard Shaw para Churchill:

"Tenho o prazer e a honra de convidar digno primeiro-ministro para primeira apresentação minha peça Pigmaleão. Venha e traga um amigo, se tiver."
Bernard Shaw

Resposta de Churchill para Bernard Shaw:

"Agradeço ilustre escritor honroso convite. Infelizmente não poderei Comparecer primeira apresentação. Irei à segunda, se houver."
Winston Churchill

General Montgomery estava sendo homenageado, pois venceu Rommel na Batalha da África, na IIª Guerra Mundial.

Discurso do General Montgomery:

"Não fumo, não bebo, não prevarico e sou herói&qu…

Como é que é ...?

Os "clandestinos"
A visita do Papa ao Brasil, no início de maio, teve um episódio inusitado que foi superado pela discrição e criatividade do governo brasileiro. Quando a comitiva chegou a São Paulo, proveniente de Roma, verificou-se que dois membros viajaram simplesmente sem passaporte: nada menos que seus principais integrantes, o próprio Papa e o secretário de Estado da Santa Sé.
Diplomatas brasileiros estranham que o Vaticano tenha cometido falha tão primária de logística, e lembram que qualquer chefe de Estado recebe todas as regalias, como, por exemplo, a dispensa de visto, mas não é liberado para entrar em qualquer país sem uma identificação oficial. O caso do secretário de Estado seria mais inexplicável ainda, pois ele é um funcionário de um governo estrangeiro como qualquer outro, e em nenhuma hipótese estaria liberado de apresentar seu passaporte diplomático.
O problema chegou ao Palácio do Planalto, e a solução foi deixá-los entrar em solo brasileiro…

Algema é para preto, pobre e ...

Ou 'pau que dá em Chico deveria dar também em Francisco': um dos advogados de acusados no esquema das empreiteiras protestou contra a humilhação que seus clientes vem sofrendo, ao serem algemados no momento da prisão (a íntegra e os comentários a respeito estão em http://conversa-afiada.ig.com.br/materias/433501-434000/433706/433706_1.html). Lembro-me de que na Coréia já mostraram presos famosos sendo enviados para a prisão em camisa de força, e de que exibiram o líder do Sendero Luminoso dentro de uma jaula - o que mostra que a prisão espalhafatosa não é exclusividade do brasileiro. Mas, convenhamos, porque esses que defendem os direitos humanos de grandes criminosos calam suas bocas bem pagas quando os bagres pequenos são destratados e humilhados pela polícia Brasil afora. Talvez porque respeito seja mesmo coisa distante de pretos, pobres e ...

Homenagem - atrasada - às mães de todos os tipos

Ensinamento

Minha mãe achava estudo
a coisa mais fina do mundo.
Não é.
A coisa mais fina do mundo é o sentimento.
Aquele dia de noite, o pai fazendo serão, ela falou comigo:
' Coitado, até essa hora no serviço pesado'.
Arrumou pão e café, deixou o tacho no fogo com água quente.
Não me falou de amor.
Essa palavra de luxo.

Solar

Minha mãe cozinhava exatamente:
arroz, feijão-roxinho, molho de batatinhas.
Mas cantava. Adélia Prado

Poesia

Sem você, eu me sinto ...Babaca....Idiota....Um tonto....Um tolo....Um trouxa....Cansado....Sem vida....Sem sono....Sem sonhos....Sozinho....Mal....Sem vontade....Sem nada....Tristonho....Tristinho....Tristão.Em resumo:sem você, me sinto um nada.

Visita do papa: uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa ...

A respeito da visita de Bento XVI ao Brasil já se falou bastante, com ou sem razão, com ou sem nexo - mas me parece que estão querendo transformar o Papa naquilo que ele, definitivamente, não é nem nunca será, seja por força do cargo ou por opinião pessoal. Em primeiro lugar, Joseph Ratzinger não é líder espiritual de toda a humanidade, muito menos de todos os cristãos espalhados pelo mundo: ele é o líder máximo da Igreja Católica Apostólica Romana, o que significa que deve falar à comunidade que o respeita, e ensiná-la em suas doutrinas, não com o que a sociedade secular tem pregado como certo ou não. Em segundo lugar, quer se queira, quer não, a Igreja Católica é contra o aborto e prega a atividade sexual apenas dentro do casamento desde que se conhece como Igreja - e tal posição não nasceu com o atual pontífice, é fruto de discussões de anos e anos e de uma interpretação bíblica que quase todo o cristianismo adota, com algumas diferenças no contexto (sexo por amor ou por…

Virada Cultural ... para quem?

O problema maior de situações constrangedoras como a da Virada Cultural, em que imbecis exerceram seu papel de ser imbecis (depredando prédios públicos) e a polícia não exerceu seu papel de polícia (não distinguindo esses idiotas do resto do público) é que elas embutem o risco de se retirar atrações mais populares desse tipo de evento - e, em consequência, elitizar mais ainda a promoção cultural e comprometer até mesmo o sucesso de uma das melhores intervenções da Prefeitura de São Paulo. Racionais MC´s podem não ser do gosto de muita gente, mas é inegável que eles dizem verdades que ninguém deseja ouvir sobre a periferia e seus elementos, marginais ou não; negar a eles e outros o direito a apresentar-se num evento como esse é o primeiro passo para tornar a Virada limitada à meia dúzia de intelectuais que louva o Centro Velho mas nem sabe onde fica Itaquera. Você pode me dizer: 'ah, fps, mas ainda não falaram em proibir os Racionais na Virada'. Mas vai - tenho certe…

Para pensar ...

A questão ambiental se resume a uma escolha ingrata: ou morremos aos poucos por destruir o meio-ambiente, ou morremos hoje, por não podermos explorá-lo. O aquecimento global, ou a fome - que fazer?

Uma prosa, não muito antiga, mas sempre boa de se relembrar ...

Flashes de São Paulo São Paulo é uma cidade fascinante - aliás, várias são as cidades que compõem São Paulo, cidade de tantos rostos e que "não pode parar", como já dizia o ditado (se bem que determinado prefeito disse que ela tem que parar, o que não deixa de ser verdade). Não se pode descrever a cidade, entretanto, sem lembrar que ela sempre teve vocação para lugar de trabalho e de negócios, desde os tempos em que era um simples entreposto comercial e que D. Pedro I vinha aqui resolver suas pendências com a Marquesa de Santos, na casinha que ele mantinha por aqui e que hoje é a última vista que poderia ter, e que nos tempos republicanos atende pelo agradável nome de Museu do Ipiranga, pertinho do caminho para a praia. ... Sobre o museu: certa vez quando criança me desviei do grupo que estava na praça e fui parar dentro do mausoléu de D. Pedro e de sua esposa - deu um medo ... Nem quando ia à "cidade" (nome que os caipiras e seus filhos dão ao centro velh…