11.9.09

Aviso aos navegantes: novela vem, novela vai ...

Do meu "exílio dourado" (de onde teclo agora), aproveito primeiro para mandar um abraço a todos os colegas do Boteco do Balaio, que estão se divertindo nesse momento, e dizer que estou muito feliz por vocês, e que só não estou (ou pude estar) aí porque o dever nos chama.

Na verdade já dou graças a Deus por poder blogar nesse momento, enquanto todo mundo na sala ao lado dá seus berros e choros com o final da novela das oito, nesse 11 de setembro que se encerra.

...
E, falando em novela, o que eu posso dizer é que "Caminho das Índias" repete o samba do crioulo doido de "América" e "O Clone", e também o sucesso meio inexplicável que todo caldeirão cultural de Gloria Perez faz, numa pizza meio cultura que não conhecemos (e que continuamos a não conhecer) meio gafieira carioca, temperada com conflitos característicos de todo folhetim do gênero.
Folhetim que na verdade continua a girar a roda da vida, essa que nos fará esquecer dessa novela tão logo subam os letreiros de "Fim".
...
Quanto a novela que chega, "Viver a Vida" será mais do mesmo de Manoel Carlos, ou seja, do mundo que começa no Leblon e termina na Barra e acaba sendo um conjunto de histórias de mulheres com alguma coisa em comum (dessa vez é a superação, mas já foram a família e os conflitos de idade).

Espere por mais do mesmo, só que temperado com um novo componente, chamado "histórias de superação": aguarde por mensagens positivas, exemplos de vida marcantes e estórias impressionantes que nos farão, ao menos por um momento, pensar que se essas pessoas conseguiram carregar sua cruz de maneira tão grandiosa nós também podemos carregar a nossa com um pouco mais de dignidade.

...
Enquanto teclo, alguém deve ter pensado: "mas porque você está blogando enquanto todo mundo assiste a novela?" - e a resposta é até simples: eu costumo acompanhar novela pelos roteiros, saber o que vai acontecer nos próximos capítulos antes de todos e prever a reação deste ou daquele personagem, pela Internet ou até pela TV.
Entretanto, quando vou assistir ao resultado do trabalho acontece uma coisa estranha comigo: aos meus olhos as novelas se tornam um produto tão previsível que eu não consigo ficar muito tempo perto da telinha; é mais ou menos como se tudo aquilo já tivesse perdido a graça, e eu me preocupasse mais com o estilo de contar a estória ou com as curiosidades que com o desfecho da novela em si.
Se isso me torna melhor, eu não sei - mas um dia eu chegarei ao ponto de adivinhar o destino de todos os personagens antes da trama começar; e aí, ou serei um Buda noveleiro, ou então estarei condenado a ser um eremita, blogando enquanto todo mundo se pergunta quem vai ficar com quem na sexta final.
...
Mais uma vez, abraços a todos, principalmente aos botequeiros; a gente se vê ... por aqui.

Um comentário:

  1. Fábio,

    Não só a novela, o melhor da tv para mim é o controle, tenho uma neurose por controle remoto. Tenho uma impressão que se eu não estiver mudando de canal, posso estar perdendo alguma coisa, também seguir uma história de um filme ou mesmo a novela eu coxilo, para mim tem quer algo bem contagiante como documentário, esporte (futebol e F1) para eu não dormir e o controle cair da minha mão. Minha mulher e meu filho adoram assistir estes seriados como Lost e outros que passa nestes canais por assinatura. Me da argeriza, novela para mim é eu ficar perguntando como ficou a situação de fulano ou beltrano. Exceto quando a coisa pende para o humor.

    Abs.

    Perguntinha a parte: Por quê quando acesso seu blog, abre vários sites de publicidade? E pesados, quase trava o PC.

    ResponderExcluir

Faça seus comentários AQUI.

Para pensar - Ligados pelo Amor. (via introspectou)

Nunca me divirto com nada. Estou sempre esperando pelo que vem depois. Acho que todos são assim. Vivem de forma rápida, sem aproveitar o mom...