18.8.10

Poesia

DSC00031

Saudades da vida

Sinto saudades dos tempos

em que criança corria,

em que não suava,

em que não sentia,

em que não sofria,

em que só vivia

como o que passava

na brisa do mar.

 

Sinto saudades dos tempos

em que, adolescente,

em mais um repente,

era permitido

somente sonhar.

 

Sinto saudades da vida

que eu já vivia

e, em que um tempo

podia cantar.

 

Sinto saudades de tudo,

e de ti, somente,

pois quero falar.

 

Sinto saudades da vida,

que eu já passei.

 

Saudades do que já criei.

 

Saudades da vida.

 

Saudades de ti.

 

Saudades de mim.

 

fps, 23/06/02

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários AQUI.

Para pensar - Peter Pan. (via romantizado)

Ela me disse que amar era sofrer, e eu olhei pra ela e disse que sofreria por ela. Peter Pan. (via romantizado) http://ift.tt/2j028rt via ...