Poesia: Amor-lescente

100_0690
teu amor
adolescente
me admira

teu gosto
pelo amado
me faz sorrir

teu querido
é privilegiado
pelo seu amor

teu fascinante
e gostoso amor
que me inspira.

taí, quando minha esposa chegar em casa tascarei-lhe um beijo ardente
e farei amor com ela como se esse fosse o último desejo de um amante
antes do fim do mundo.

ou, como queiram,
do apocalipse zumbi.
fps, 08/11/2012, 15:48

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Dória prefeito: a vitória do que São Paulo é sobre o que ela deveria ser