Poesia


Fragmentos de uma viagem pelos meus sonhos mais ocultos e obscenos

 
viajo ...
 
vida, luta, sonho,
sem sentido.
 
mesmice ...
 
sentimento minúsculo,
VONTADE MAIÚSCULA.
 
viajo
na montanha-russa
dos sentidos,
 
viajo
pensando pouco
e muito sentindo,
 
viajo ...
 
viajo
por teu ser descabelado,
teu entorno destroçado.
 
viajo.
 
não percebo,
meu minúsculo sentido,
de sussurrar,
GRITAR !!!
 
viajo ...
 
por teu âmago,
ânsia do desconhecido,
do sonho, do fogo,
 
do risco.
 
viajo ...
 
sem cessar ...
 
viajo ...
 

fps, 30/10/03, 15:33

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conclusões sobre a Lei Seca

Poesia: Desespero da Arlequina

Porque as Igrejas não discutem o que acontece na sociedade? Mais ainda: será que salgamos o mundo como deveríamos?