Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2009

Poesia (beeeem antiga ...)

Considerações de um homem traído

Pode me chamar de corno manso.

Eu não ligo.

Eu não olho.

Eu não digo.

Eu não mudo.

Eu não sinto.

Eu não falo.

Eu não rio.

Eu não choro.

Pode me chamar do que quiser,
idiota, babão, canalha talvez,
pode me chamar de corno,
ou do que achar melhor
em sua inútil razão.

Acha que intimida
com tal tola ilusão
de querer, conhecida,
em sua imperfeição,
apenas destruir
um pobre coração,
que só quer de verdade
viver uma paixão,
procurar nessa vida
doce sensação,
de amar, e viver,
de sentir-se vitorioso,
de tornar-se, glorioso,
em um ser tão formoso,
em um ser tão raro,

que o medo e o horror
de ver, sem segredo,
que tudo o que viu,
e que ela odiou

ficou bem lá no fundo,
longe, no passado,
de quem, um dia,
disse que me amou.



Ligue-se na vida
como o mundo se liga em todos nós.

Pode me chamar de corno,
mas apenas se lembre
de que cornos só tem por companhia a meretrizes.

E me chamando disso
a única pessoa que sairá mal de tudo
será você.


Não eu.


FPS, 07/05/1996, 23:47

Poesia

Imagem
Um homem admirável

Queria fazer um livro,
encantou-se num bordel.

Lia Veja nosso amigo,
e ouvia muito Gardel.

Encantava-se comigo,
se espantava com meu fel.

Era doce, preparado,
muito mais que o doce mel.

Grande era sua paciência,
mui enorme seu cordel.

Tinha uma namorada,
que ele chamava de Bel.

Vivia sempre deitado,
recostado num dossel.

Era grande aquele homem,
mui enorme seu cartel.


De enorme valentia,
que era seu maior laurel.

Era bom aquele homem,
era um grande homem de bem,

um homem que, toda a vida,
nunca mal fez a ninguém.

Apesar do jeito manso,
e da sua voz embargada,

fizera daquele estilo
sua marca registrada,

pois o que ele era, no fundo,
era bem maior que o mundo:

era um homem, o amor e a coragem,
revelados, sem pudor nem véu.



Queria o amor profundo,
encantou-se num bordel.

Viveu para todo o mundo,
viveu só p´ra sua Bel.

Era um rapaz bem sincero,
tão doce e puro, qual o mel.

E por tudo isso que tinha,
e pelo que foi, e que é,

é que dizem:

"eis aí um grande homem,
que da vida merece um troféu".


FPS, 20 …

Nota do TrashEtc! sobre o post abaixo

Mesmo que a estória da garota agredida (ou supostamente agredida) na Suíça não se comprove como verdadeira, ainda assim não mudaria uma vírgula do que escrevi no post abaixo - principalmente pela atitude bárbara da polícia suíça e - mais covarde ainda - da imprensa daquele país, que ainda teve a pachorra de dizer que o Brasil é um país xenófobo.

Ou seja: o Brasil da mistura de raças, da afirmação de suas raízes e onde racismo é crime inafiançável agora é um país que desrespeita estrangeiros ... é rir pra não chorar, de fato ...

A garota espancada na Suíça: isso é porque não é a SUA filha

Interessante como tem gente covarde andando pela Internet brasileira, embarcando na versão da polícia suíça que a garota teria se auto-mutilado, com a sigla de um partido NAZISTA, e que a agressão COVARDE sofrida por ela e que implicou na perda de gêmeas e que está sendo negada de forma MAIS COVARDE AINDA pelos órgãos de imprensa suíços?

Para esse que vos escreve não tem "pano pra manga" nenhum nesse caso ... uma mulher grávida dificilmente se mexeria para não perder os bebês - não é preciso pensar muito para entender isso, muito menos quando se trata de brasileiros, que tem uma malícia maior do que a média e não deveria cair na lábia de uma imprensa naturalmente tendenciosa (que existe aqui, na China, na Inglaterra e - agora vemos - também na Suíça).

Ou será que a garota precisa mostrar a ultrassonografia para dizer que estava grávida e que fora agredida? Quem em sã consciência grava a sigla de um partido ultranacionalista com gilete na barriga e no peito?

Façam-me o favor ...…

Poesia

Conselhos a uma amiga

Quantas vezes
queremos encontrar
alguém para amar
e não o achamos ?

Quantas vezes
queremos viver
uma nova paixão
e não encontramos ?

Quantas pessoas
já viram em lembrança
uma doce esperança
de um dia encontrar
alguém para amar ?

Quantos outros, amiga,
já viveram sem paz,
por ver que a vontade
e a felicidade

jamais combinaram,

jamais se acharam,

talvez não por si,
mas por erros dos outros,

talvez não por falta,
mas por restos de medo,

talvez porque a vida,
essa doce ilusão,

nos dá esperanças,

para depois vir
enorme confusão ?

Quantos outros virão ?


Não é fechando os olhos para o amor
que se encontra a felicidade,
mas sim,
lutando por aquilo que se quer e se deseja.

A felicidade depende de coisas muito pequenas, minha cara.

E encontrá-las é o destino de todo ser humano
nesse mundo vil.



FPS, 18/01/96

Para reflexão

"Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com os muitos conselheiros, há bom êxito" (Pv. 15:22).

(lembre-se disso da próxima vez que alguém quiser "meter o bedelho" onde não é chamado ...)

Dedicado aos amigos e colegas que aqui chegam

"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós."
(Antoine de Saint-Exupery)